Com 182 metros de altura, estátua indiana será a maior do planeta

 

A maior estátua do planeta não está em um local turístico e nem retrata uma figura icônica para boa parte da população mundial. Ainda assim, o monumento de 182 metros construído com ferro e bronze carrega uma grande importância simbólica: construída no estado indiano de Gujarat, a estátua representaSardar Vallabhbhai Patel, heroi da luta de independência na década de 1940 e que ocupou cargos de destaque durante a formação do Estado da Índia.

De acordo com a mídia local, o monumento que homanegaia Patel será concluído dentro dos próximos meses. Após a inauguração, essa será a maior estátua do planeta, com um tamanho equivalente a um prédio de 50 andares. A construção superará a figura que retrata Buda e está localizada no Templo da Primavera, na China, que tem 128 metros de altura. Para ter ideia, a Estátua da Liberdade possui 93 metros de altura e o Cristo Redentor, 38 metros.

Homenagear um dos líderes históricos da Índica não foi uma tarefa barata: os custos da obra estão orçados em R$ 1,9 bilhão, de acordo com a cotação atual do real. O esforço para construir o monumento foi liderado pelas alas nacionalistas que atualmente detém o poder na Índia por meio do Partido do Povo Indiano. Narendra Modi, atual primeiro-ministro do país, é um dos maiores apoiadores do monumento, com o objetivo de tornar o local um grande centro turístico.

Ram V. Sutar, um dos principais escultores indianos, foi convidado a realizar o trabalho para projetar a estátua. Atualmente, quase 2,5 mil trabalhadores estão envolvidos com a construção do projeto.

Até a década de 1940, a Índia era uma colônia do Reino Unido. Após o fim da Segunda Guerra Mundial, a luta de ativistas como Mahatma Gandhi possibilitou que o país ganhasse independência em 1947 e se convertesse em uma república em 1950. Vallabhbhai Patel participou do início da formação do Estado indiano, mas morreu pouco tempo depois, em dezembro de 1950, aos 75 anos.

 

Fonte: Revista Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *